Literatura Brasileira - Simbolismo

EXERCÍCIO

01. (PUC-RS)

"Noiva de Satanás, Arte Maldita,
Mago Fruto letal e proibido,
Sonâmbula do além, do Indefinido
Das profundas paixões, Dor infinita."

A linguagem do poema situa-o no:

a) Romantismo
b) Parnasianismo
c) Impressionismo
d) Simbolismo
e) Modernismo


02. (VUNESP) Assinale a alternativa em que se caracteriza a estética simbolista.

a) Culto do contraste, que opõe elementos como amor e sofrimento, vida e morte, razão e fé, numa tentativa de conciliar pólos antagônicos.
b) Busca do equilíbrio e da simplicidade dos modelos greco-romanos, através, sobretudo, de uma linguagem simples, porém nobre.
c) Culto do sentimento nativista, que faz do homem primitivo e sua civilização um símbolo de independência espiritual, política, social e literária.
d) Exploração de ecos, assonâncias, aliterações, numa tentativa de valorizar a sonoridade da linguagem, aproximando-a da música.
e) Preocupação com a perfeição formal, sobretudo com o vocabulário carregado de termos científicos, o que revela a objetividade do poeta.


03. (UFV-MG) Assinale a alternativa em que todas as características do estilo são do Simbolismo.

a) impassibilidade, vida descrita objetivamente, ecletismo
b) hermetismo intencional, alquimia verbal, musicalidade
c) favor da forma, expressões ousadas, fidelidade nas observações
d) atmosfera de imprecisão, realismo cru, religiosidade
e) complexidade, ressurreição dos valores humanos, materialismo pornográfico


04. (UFMA) Sobre o Parnasianismo e o Simbolismo, na Literatura Brasileira, é correto afirmar que:

a) os estilos são absolutamente distintos quanto à técnica da versificação.
b) os dois estilos se aproximam pelas preferências temáticas.
c) à metafísica do primeiro, juntou-se o realismo do segundo.
d) os dois estilos se aproximam quanto à técnica da versificação.
e) não há proximidade entre os dois.


05. (FEI-SP) Escolha a alternativa que preencha corretamente, na ordem apresentada, as lacunas da frase seguinte.

"O Simbolismo se opõe ao ____________, aproximando-se do _____________, no que diz respeito à presença do subjetivismo e da emoção, segundo observa, por exemplo, em ___________, célebre autor de Broquéis."

a) (1) Realismo / (2) Romantismo / (3) Cruz e Sousa
b) (1) Naturalismo / (2) Modernismo / (3) Gonçalves Dias
c) (1) Arcadismo / (2) Romantismo / (3) Castro Alves
d) (1) Romantismo / (2) Barroco / (3) Manuel Bandeira
e) (1) Naturalismo / (2) Modernismo / (3) Olavo Bilac


06. (FEMP-PA) Seus poemas sugerem um clima de mistério, através de uma linguagem rica em adjetivos semanticamente vagos e imprecisos. Trata-se de __________, que escreveu _________ e, como poeta, está vinculado ao _______________.

a) Vinicius de Moraes / Sonetos e baladas / Modernismo
b) Álvares de Azevedo / A lira dos vinte anos / Romantismo
c) Cruz e Sousa / Faróis / Simbolismo
d) Olavo Bilac / O caçador de esmeraldas / Parnasianismo
e) Cecília Meireles / Vaga música / Modernismo 


07. (FMU/FIAM-SP) O poeta simbolista tem outra visão da natureza e do mundo. Para ele, o que importa é:

a) a impassibilidade, o rigor formal, a busca da perfeição.
b) a valorização do gosto burguês, o nacionalismo, a tradição.
c) a realidade social, o combate do idealismo, o racionalismo.
d) o elemento pitoresco, o final inesperado, a caricatura.
e) a analogia profunda entre a realidade aparente e a realidade oculta das coisas, a sugestão, a musicalidade.


08. (FUVEST-SP)

I.

"Longe do estéril turbilhão da rua,
Beneditino, escreve! No aconchego
Do claustro, na paciência e no sossego,
Trabalha, e teima, e sofre, e sua!"

II.

"Ó Formas alvas, brancas, Formas claras
De luares, de neves, de neblinas!
Ó Formas vagas, fluidas, cristalinas...
Incensos dos turíbulos das aras..."

As estrofes da página anterior são, respectivamente, dos poetas:

a) Manuel Bandeira e Olavo Bilac.
b) Vinicius de Moraes e Fagundes Varela.
c) Olavo Bilac e Cruz e Souza.
d) Cruz e Sousa e Castro Alves.
e) Castro Alvez e Alphonsus de Guimaraens.


09. (F. Objetivo-SP) A negação do Positivismo, do Materialismo e das estéticas neles fundamentadas; a criação poética como fruto do inconsciente, da intuição, da sugestão, da associação de imagens e idéias; o tom vago, impreciso, nebuloso; o uso acentuado de sinestesias e intensa musicalidade são características do:

a) Realismo
b) Simbolismo
c) Naturalismo
d) Romantismo
e) Parnasianismo


10. (FCMSCSP)

I.

"Musa! um gesto sequer de dor ou de sincero
luto jamais te afeie o cândido semblante!
Diante de Jó, conserva o mesmo orgulho; e diante
de um morto, o mesmo olhar e sobrecenho austero"

II.

"Brancuras imortais da Lua Nova,
frios de nostalgia e sonolência...
Sonhos brancos da Lua e viva essência
dos fantasmas notívagos da Cova."

Conforme atestam, respectivamente, os excertos, o ________ pregou, em seu programa, a impassibilidade, ao passo que o __________ marcou a poesia com as impressões mais densamente subjetivas, atingindo mesmo as profundidades do inconsciente.

a) Barroco / Arcadismo
b) Arcadismo / Romantismo
c) Romantismo / Parnasianismo
d) Parnasianismo / Simbolismo
e) Sombolismo / Modernismo


11. (UCP-PR) Assinale a afirmativa correta:

a) O Romantismo é conseqüência do surto de cientificismo e da fadiga da repetição das fórmulas subjetivas.
b) O poeta parnasiano deixa-se arrebatar pelo conflito entre o mundo real e o imaginário, expresso num sentimentalismo acentuado.
c) O Realismo é conseqüência do surto de cientificismo e da fadiga da repetição das fórmulas subjetivas.
d) No Romantismo, o escritor mergulha no interior das personagens, mostrando ao leitor seus dramas e sua agonia.
e) No Simbolismo, predominou a prosa.


12. (PUC-RS) A crítica constata, nas metáforas simbolistas de Cruz e Souza, a obsessão pela cor:

a) branca.
b) negra.
c) rubra.
d) roxa.
e) azul.


13. (UFSCar-SP) A ênfase na seleção de vocabulário poético, com o objetivo de transferir ao poema o máximo de correspondência sensorial, é uma característica do:

a) Romantismo, sobretudo na obra de Castro Alves.
b) Barroco, prinpalmente em Gregório de Matos.
c) Simbolismo, representado pelas obras de Cruz e Sousa e Alphonsus de Guimaraens.
d) Parnasianismo, representado pela obra de Alberto de Oliveira.
e) Pré-Modernismo, principalmente em Jorge de Lima.


14. (PUC-SP) Cruz e Sousa e Alphonsus de Guimaraens são poetas identificados com um movimento artístico cujas características são:

a) o jogo de contrastes, o tema da fugacidade da vida e fortes inversões sintáticas.
b) a busca da transcendência, a preponderância do símbolo entre as figuras e o cultivo de um vocabulário ligado às sensações.
c) a espontaneidade coloquial, os temas do cotidiano e o verso livre.
d) o perfeccionismo formalista, a recuperação dos ideais clássicos e o vocabulário precioso.
e) o jogo dos sentimentos exarcebados, o alargamento da subjetividade e a ênfase na adjetivação.


15. (UNIFICADO-RS)

"Nasce a manhã, a luz tem cheiro... Ei-la que assoma
Pelo ar sutil... Tem cheiro a luz, a manhã nasce...
Oh sonora audição colorida do aroma!"

A linguagem poética, em todas as épocas, foi e é simbólica; o Simbolismo recebeu esse nome por levar essa tendência ao paroxismo.

Os versos acima atestam essa exuberância, pela fusão de imagens auditivas,olfativas e visuais, constituindo rico exemplo de:

a) eufemismo
b) sinestesia
c) antítese
d) polissíndeto
e) paradoxo


16. (FEI) Rejeitando os ideais românticos, retomam a tradição clássica, defendem o princípio da "arte pela arte" e supervalorizam a linguagem preciosa.

O texto acima refere-se a poetas:

a) parnasianos
b) naturalistas
c) simbolistas
d) modernistas
e) árcades


17. (UM-SP) Alphonsus de Guimaraens é um poeta identificado com um período literário cujas características são:

a) mitologia pagã e busca da natureza.
b) simbologia matemática e musical.
c) análise social de grupos humanos marginalizados e valorização do coletivo.
d) exaltação da natureza pátria e do índio.
e) misticismo, amor e morte.


18. (FUVEST-SP)

I.

"Porque não merecia o que lograva,
Deixei, como ignorante, o bem que tinha,
Vim sem considerar aonde vinha,
Deixei sem atender o que deixava."

II.

"Se a flauta mal cadente
Entoa agora o verso harmonioso,
Sabei, me comunica este saudoso
Influxo a dor veemente;
Não o gênio suave,
Que ouviste já no acento agudo e grave."

III.

"Da delirante embriaguez de bardo,
Sonhos em que afoguei o ardor da vida,
Ardente orvalho de febris pranteios,
Que lucro à alma descrida."

Cada estrofe, a seu modo, trabalha o tema de um bem, de um amor almejado e passado perdido.

Avaliando atentamente os recursos poéticos utilizados em cada uma delas podemos dizer que os movimentos literários a que pertencem I, II e III são respectivamente.

a) barroco, arcadismo, romantismo
b) barroco, romantismo, parnasianismo
c) romantismo, parnasianismo, simbolismo
d) romantismo, simbolismo, modernismo
e) parnasianismo, simbolismo, modernismo

   

gabarito

01) D
02) D
03) B
04) D
05) A
06) C
07) E
08) C
09) B
10) D
11) C
12) A
13) C
14) B
15) B
16) A
17) E
18) A